Blog / Notícias

Ecovias conclui ampliação da Padre Manoel da Nóbrega

Trecho administrado pela concessionária foi totalmente ampliado. Entrega final foi antecipada em seis meses

Mais agilidade, conforto e segurança viária, esses são alguns dos benefícios que moradores e turistas terão, a partir desta quinta-feira (16), ao passar pela rodovia Padre Manoel da Nóbrega entre os municípios de Cubatão, São Vicente e Praia Grande, na direção do Litoral Sul. Isso porque a Ecovias, concessionária que administra o Sistema Anchieta-Imigrantes (SAI), acaba de concluir a última etapa das obras de ampliação que foram iniciadas em janeiro de 2015. A inauguração foi feita hoje pelo governador do Estado, Geraldo Alckmin.

A obra contempla 18 quilômetros de terceira faixa, três muros de contenção e readequação completa de sinalização e elementos de drenagem e segurança entre o km 274 e km 292, na pista sentido Praia Grande. A ampliação aumenta ainda mais a capacidade de tráfego do trecho, que recebe cerca de 25 mil veículos por dia, volume que chega a dobrar aos feriados.

Em dezembro de 2015 e dezembro de 2016, respectivamente, a concessionária já havia concluído duas etapas anteriores do processo de ampliação total da Padre Manoel da Nóbrega. Em 2015, foi entregue a primeira fase da faixa adicional da pista sentido São Paulo, do km 280 ao 292. Já no ano passado, a Ecovias liberou a terceira faixa entre os km 280 e km 274, em ambos os sentidos, e a construção de um viaduto de retorno no km 277 da via, que passou a atender aos motoristas que seguem em direção a Praia Grande e precisam voltar a São Paulo.

Na ocasião, a Ecovias também ampliou a praça de pedágio de São Vicente para torná-la mais compatível com o restante do trecho, podendo absorver maior fluxo de veículos e aumentar a agilidade no atendimento.

“A Ecovias assumiu esse compromisso com os usuários do SAI e estamos entregando esta última fase seis meses antes do previsto”, afirma o gerente de Engenharia da concessionária, Alexandre Ribeiro.

Outras melhorias na Baixada

Em pouco mais de três anos, as intervenções realizadas pela Ecovias na Baixada Santista proporcionaram um novo patamar de fluidez e segurança viária à região. Em setembro de 2014, a concessionária entregou o Anel Viário de Cubatão, que eliminou um dos principais gargalos do SAI – o antigo trevo do km 55 da Via Anchieta.

Na mesma época foram entregues as faixas adicionais em ambos os sentidos da Rodovia Cônego Domênico Rangoni. A ampliação foi realizada do entroncamento com a Via Anchieta, na altura do km 270, até o Polo Industrial de Cubatão, no km 262.

Outra grande obra entregue pela Ecovias na região, também em setembro de 2014, foi o trevo de acesso à Rio-Santos (BR-101), no km 248 da rodovia Cônego Domênico Rangoni. O viaduto, que liga a Cônego Domênico Rangoni à Rio-Santos, eliminou a passagem em nível e os semáforos instalados no local e garantiu mais segurança viária e agilidade aos usuários.

Já as obras de implantação da terceira faixa da rodovia Padre Manoel da Nóbrega foram entregues em três momentos e as intervenções foram realizadas com o menor impacto possível no tráfego e na rotina dos usuários.

Melhorias no Planalto

O trabalho da Ecovias em garantir as melhores condições viárias aos usuários não para. No início de novembro, a concessionária iniciou mais uma etapa para a construção da marginal da via Anchieta, entre o km 23 e o km 18, no trecho de São Bernardo do Campo, sentido Capital.

O objetivo das obras é ampliar a capacidade do tráfego no trecho sentido São Paulo com a implantação de mais três faixas entre o km 18 e o km 23. A nova configuração oferecerá aos usuários pistas centrais e marginais em ambos os sentidos do km 10 ao km 23, região de maior movimentação em todo o Sistema Anchieta-Imigrantes. Além disso, incluem a ampliação de uma passarela no km 21+360, que contará com rampas para atender pessoas com mobilidade reduzida e o alargamento do viaduto João Firmino, no km 21+800, que passará a contar com cinco faixas de rolamento mais acostamento.

“A implantação da marginal norte e as adequações das vias expressas proporcionará uma reorganização em ambos os sentidos, resultando em maior fluidez e segurança aos usuários”, explica coordenador de Pavimentação e Obras de Ampliação, Naelson Candido.

Todas as obras fazem parte das obrigações contratuais estabelecidas com o governo do Estado de São Paulo, sob regulação da Artesp (Agência Reguladora de Transportes do Estado de São Paulo).

O Sistema Anchieta-Imigrantes é formado pelas rodovias Anchieta, dos Imigrantes, Padre Manoel da Nóbrega e Cônego Domênico Rangoni (ex Piaçaguera – Guarujá).

Categoria: Obras, Release. Compartilhe: permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>